30/09/2010

Elfos Tradução Do Livro Tibia

||
Esta é a tradução de um livro do Tibia... É como dizem, sempre leiam eles... Para aqueles que tem: As orelhas acentuadas... Os Elfos. Uma Longa História Sobre Seus Nomes, Deuses e Outras Coisas. Os nomes élficos são escolhidos na fase adulta. Até que eles adquiram um nome, elfos são chamados como "filho/filha de " usando o nome do pai com o mesmo sexo. Quando chega a fase adulta, o jovem elfo recebe seu primeiro nome, escolhido pelos anciões que o conhece em seus sonhos. É somente um nome único, uma descrição sobre o elfo na língua nativa. Geralmente, elfos adoram adicionar uma tradução aos seus nomes, que é geralmente confundido com um segundo nome pelas outras raças. Já que a língua élfica é muito mais complicada e
cheia de nuances do que as outras. Elfos com o mesmo "segundo nome", tem seus primeiros nomes diferentes, o que confunde ainda mais as outras raças. Como a maioria das raças mais antigas, os elfos se sentem usados e abandonados pelos Deuses. O único Deus em que eles têm confiança é Crunor, a quem eles chamam de "Árvore Pai" e o vêem como aquele que traz a vida. Alguns elfos preferem orar aos poderes elementais da Terra e do Ar. Na maior parte da casta Kuridai, o culto a Terra é mais proeminente do que o culto a Crunor, e é dito que suas complicadas "orações" são mais como conjurações e invocações. Os historiadores élficos acreditam que em sua história, sete lordes élficos adquiriram o estatus de Paladinos Celestiais, e então se tornaram Semi-Deuses. Os cultos a esses Deuses são sem dúvida muito interessantes. É de consenso geral que, elfos de posição privilegiada em castas diferentes, chegam a cultuar somente uma dessas entidades, ignorando as outras. Mortiur, o Destruidor Proeminente para algumas ceitas. O vingador, impiedoso com amigos, inimigos e com si mesmo. Nera, a Dama da Primavera Substitui completamente Crunor para alguns Elfos. Dseyvar, o Dançarino das Espadas Responsável pela graça dos guerreiros, guerreiros élficos tem que ser graciosos e não frescos*. Priyla, a Filha das Estrelas Mistério e mágica. Krynieer, Língua de Prata Poesia, amor e música. Azmoda, a Misteriosa Figura misteriosa. Mestra das Tramas, Astúcia e Decepções. Evicor, o Caminhante Mestre da Caçada, o explorador. Os elfos são capazes de controlar seus filhos não-nascidos através de um tipo de "Sonho Mágico". As mudanças podem ser tanto físicas como espirituais, afetando a personalidade da criança. Os pais podem inclusive mudar ligeiramente a data de nascimento da criança. Em seus sonhos, os elfos parecem esculpir suas crianças como verdadeiras obras de arte. Esta arte não pode ser ensinada para outras raça, essa habilidade rudimentar parece natural para os elfos. É possível escolher a cor dos cabelos, olhos e até mesmo o sexo. As mudanças de personalidade são possíveis mais teoricamente afetariam as gerações seguintes. Os sábios acreditam que essa habilidade foi um "presente" dos Deuses, como uma "ferramenta" para tornar os elfos mais adaptáveis a guerra (são fortes quando precisam). Mas a mentalidade dos elfos não permitiu que eles dessem um comportamento "inconveniente" para suas crianças. Já que a maioria desta mágica é uma espécie de aptidão natural, os elfos moldam suas crianças de uma maneira estética. Por outro lado, o que parece estético é baseado na filosofia dos seus pais, e conseqüentemente o seu passado afeta dramaticamente este processo. Isso é mais evidente nas castas que se separaram durante as guerras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hi guys!!!!
Hey aqui é Wendy, blogueira desde 2010! Viciada em animes, amante de livros e adora ver séries! Criei esse cantinho na intenção de ajudar na criação e personalização de blogs e sites.
Wattpad Facebook Tumblr Instagram