25/02/2011

My Chemical Romance- Three Cheers for Sweet Revenge

||
Three Cheers for Sweet Revenge é o segundo álbum de estúdio da banda My Chemical Romance lançado em 2004, sendo o último com o baterista Matt Pelissier. É considerado um álbum conceptual, uma continuação de uma das músicas do primeiro álbum da banda, Demolition Lovers, que conta a história de um casal morto em um tiroteio. Ele acaba no Purgatório, e o único meio de chegar até ela é voltar a Terra e matar mil homens maus.




Faixas do Album

1. "Helena" - 3:22
2. "Give 'Em Hell, Kid" - 2:18
3. "To the End" - 3:01
4. "You Know What They Do to Guys Like Us in Prison" - 2:53
5. "I'm Not Okay (I Promise)" - 3:08
6. "The Ghost of You" - 3:23
7. "The Jetset Life Is Gonna Kill You" - 3:37
8. "Interlude" - 0:57
9. "Thank You for the Venom" - 3:41
10. "Hang 'Em High" - 2:47
11. "It's Not a Fashion Statement, It's a Fucking Deathwish" - 3:30
12. "Cemetery Drive" - 3:08
13. "I Never Told You What I Do for a Living" - 3:51

Sobre As Faixas



"Helena"

A música descreve os sentimentos de Gerard Way, por sua falecida avó, Elena Lee Rush (O 'H' foi adicionado porque os amigos chamavam-a de 'Helen'). Gerard disse para o "Channel V" que foram influenciados por la canção "Aces high" de Iron Maiden. Essa música é considerada a mais popular da banda.

"Give 'Em Hell, Kid"

Essa música fala sobre um homem em péssimo estado, que diz a sua amada que não há razões para ficar com ela, mas que ainda a ama. Gerard, disse que essa canção fala das aventuras adolescentes, ou em suas palavras: "quando recebes um maldito golpe".

"To The End"

A letra trata sobre uma pessoa que, em conversa com seu par, fala que está disposta a mudar sua vida para se casar, chegando até o final de suas vidas com essa relação.

"You Know What They Do To Guys like Us In Prison"

Nessa canção, Gerard Way interpreta um homem preso já em liberdade desabafando de maneira agressiva todas as suas degrandantes experiências na prisão, e toda a sua raiva sobre o que passou. A canção têm apoio vocal de Bert McCracken, vocalista da banda The Used, e amigo íntimo até então de Gerard. Atualmente ambos não se falam devido à uma briga por razões desconhecidas.

"I'm Not Okay (I Promise)"

A letra dessa música fala sobre temas emocionais relacionados com quebra de relações, em particular, sobre experiências de Gerard Way e sua solidão na adolescência. A letra fala de uma garota por qual Gerard se apaixonou, e acabou pegando fotos comprometedoras com seu namorado, o que o fez sentir-se muito mal: ("For all the dirty looks, the photographs your boyfriend took").

"The Ghost of You"

A música fala sobre o medo de perder alguém. Também tem relação direta com a seguinte faixa.

"The Jetset Life Is Gonna Kill You"

Há rumores de que essa música fala sobre os problemas de Gerard Way com drogas, enquanto gravavam o disco. Nos 1 minuto e 14 segundos, Way canta em perfeito espanhol: "Hotel bella muerte".

"Interlude"

No livreto do CD não aparece Interlude, mas no cover com os nomes das músicas, sim. Isso deve ter ocorrido porque a letra de Interlude é muito curta e, mais que uma canção, é um interlúdio, como seu nome já diz. Outra canção com o mesmo nome foi incluída no DVD The Black Parade Is Dead!, mas diferente desta, é um solo de piano, tocado por James Dewees.

"Thank You for the Venom"

Essa música fala de miseráveis que vão até sua porta para te fazer trocar de religião. O locutor explica que esses miseráveis não têm sucesso com ele. Com frase: ("Sister, I'm not much a poet, but a criminal") declara que a religião menos lhe interessa. ("Preach all you want, but who's gonna save me? / I keep a gun on the book you gave me! / Hallelujah, lock and load!"). Com isto, declara o anterior, que incluso guarda uma pistola entre las páginas da Bíblia e que por mais que peçam não o salvarão. "Merci pour le venin" é o que diz na coberta interior do disco I Brought You My Bullets, You Brought Me Your Love, que significa (Thank you for the venom) em francês. A parte: "Sister, I'm not much a poet, but a criminal", pode ser vista como uma referência à canção de Morrissey "Sister, I'm a poet". Gerard Way disse que Morrissey é uma de suas inspirações.

"Hang 'Em High"

A música fala sobre um homem que pensa em se matar, e quer demonstrar a sua amada que a ama muito. Ao final, parece que o homem se suicida definitivamente. A canção é inspirada num filme de 1967 que tem como protagonista, Clint Eastwood. O filme é intitulado como: “Que os enforquem bem alto/cometeram dois erros”.

"It's Not a Fashion Statement, It's a Fucking Deathwish"

A canção fala de um homem que foi assassinado mas renasceu, e agora está buscando vingança. Ele busca ser assassino, outra vez. Ele se preocupa muito com o passado, o que o leva a loucura, e se suicida.

"Cemetery Drive"

A música fala sobre infidelidade e o sentimento de culpa dos amantes. A história fala de um homem que tem uma mulher casada como amante, que é descoberta por seu marido, e então, ela se mata. Seu amante se sente culpado por a morte dela, e ele, todavia, imagina como seria a vida com ela, em um cemitério onde ela está enterrada.

"I Never Told You What I Do For a Living"

Essa canção termina a história desse disco e do disco anterior, titulado I Brought You My Bullets, You Brought Me Your Love. A canção começa falando que os amantes mataram seus inimigos. Ao final da canção se entende que os amantes foram assassinados: ( and never again and never again, they gave us two shoots in the back of the head and we are all, dead now...). Outra explicação é a que fala sobre um homem que é assassino e canta a sua amada sobre a vida, que ela não merece ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hi guys!!!!
Hey aqui é Wendy, blogueira desde 2010! Viciada em animes, amante de livros e adora ver séries! Criei esse cantinho na intenção de ajudar na criação e personalização de blogs e sites.
Wattpad Facebook Tumblr Instagram