20/05/2011

A historia de cada Espada

||

Agora irei falar sobre as espadas tambem sobre a mais conhecida delas a Catana ou "Katana", massa e preço e um pouquinho a mais sobre elas, todo o texto foi obtido na web
porem modificado um pouco mais ainda assim irei colocar no final a onde foi retiarado ok?

Otanto

Tanto é “faca” em japonês e “otanto” significa literalmente faca grande ou facão, mas quando sua lâmina chega a ser superior a 1 shaku (30,3 cm) é tecnicamente classificada como wakizashi, ou seja, espada curta e poderia ser considerada uma ko-wakizashi (wakizashi curta).
Massa: 0,55 kg
Comprimento: 0,49 m
Alcance: 0
Ocultação: 2½
Custo: 1.200 Aquisição: 2



Ko-wakizashi

A ko-wakizashi era uma wakizashi mais curta que o usual, usada principalmente por plebeus (não-samurais), depois que uma lei de 1668 os proibiu de usar lâminas maiores que 45,5 cm.
Massa: 0,60 kg
Comprimento: 0,65 m
Alcance: 0
Ocultação: 3
Custo: 2.500 Aquisição: 3



Wakizashi

A wakizashi, espada curta japonesa, era usada como segunda espada pelos samurais, junto com a catana e como principal arma de defesa dos não-samurais, que só podiam portar uma espada e estavam proibidos de usar a catana (legalmente definida como lâmina de mais de 2 shaku ou 0,606 m). Quando destinadas a samurais, eram produzidas com a mesma técnica da catana e em par com ela. A maioria dos samurais a usavam como arma de último recurso ou em ambientes fechados (o costume os obrigava a depor a catana em casa alheia). O ronin Miyamoto Musashi popularizou, porém, a técnica de usar a catana em uma mão e a wakizashi na outra. Filhos de samurais costumavam praticar com a wakizashi e portá-la como uma catana, já a partir dos sete anos. A wakizashi é também a espada usada para abrir o abômen no ritual do haraquiri ou seppuku (suicídio ritual).

Massa: 0,70 kg
Comprimento: 0,70 m
Alcance: 0
Ocultação: 3
Custo: 2.750
Aquisição: 3



Ninjato

A ninjato ou “espada ninja” é uma criação do cinema, mais que da história real. Seria semelhante à wakizashi ou catana, mas de lâmina reta e guarda quadrada (wakizashi e catana têm guardas ovais). Na realidade, os ninjas – agentes secretos plebeus, proibidos de usar as armas samurais – usavam qualquer faca ou espada curta de baixo preço (ou roubada) que não chamasse a atenção e fosse, de preferência, fácil de esconder. Não teria sentido chamar a atenção com uma arma de desenho incomum.

Massa: 0,70 kg
Comprimento: 0,70 m
Alcance: 0
Ocultação: 3
Custo: 1.500
Aquisição: 2½



Owakizashi

A owakizashi (wakizashi grande) é uma espada cuja lâmina tem comprimento só um pouquinho inferior ao limite legal de 0,606 m para uma espada curta. Era usada por plebeus (inclusive membros da Yakuza) que desejavam estar tão bem armados quanto era legalmente possível para um não-samurai até 1645, quando o xogunato Tokugawa limitou as wakizashi a lâminas de até 57,6 cm. Em 1668, uma regulamentação adicional proibiu os plebeus (não-samurais) de usar wakizashis de lâmina maior que 45,5 cm (uma wakizashi samurai típica tinha 50 cm a 54 cm), salvo em viagens.



Terçado japonês

Exemplo de sabre leve japonês de estilo ocidental (mas forjado com técnica japonesa), usado pela polícia e pelo exército do final do século XIX até a II Guerra Mundial. O da ilustração foi usado pela polícia montada no início do século XX.

Japanese hanger (ingl.)
Massa: 0,60 kg
Comprimento: 0,70 m
Alcance: 0
Ocultação: 3
Custo: 900
Aquisição: 2



Chiisagatana

A chiisagatana (catana curta) é a predecessora do wakizashi. Foi usada no período Muromachi (1392-1573). O comprimento da lâmina podia ser ligeiramente superior ou inferior a 2 shaku (0,606 m).

Chisa-katana, Kokatana
Massa: 0,90 kg
Comprimento: 0,91 m
Alcance: ½
Ocultação: 4
Custo: 3.000
Aquisição: 3



Catana

A catana, com lâmina de 65 cm a 80 cm, substituiu o tachi como arma favorita dos samurais durante o período Muromachi (1392-1573). Embora seja relativamente leve e sua capacidade de penetrar em armaduras seja limitada, seu gume afiado como uma navalha permite que corte tão bem quanto uma espada bastarda ocidental, que é bem mais pesada. Esse efeito é obtido combinando-se diferentes aços: mais duro no gume e no miolo da folha para proporcionar dureza, mais flexível nas costas e nos lados para proporcionar resistência. Essa tecnologia foi usada já no precursor da catana, o tachi, a partir do século X.

Geralmente, a catana era usada com as duas mãos. O famoso ronin Miyamoto Musashi, porém, usava-a com uma só mão e originou uma escola dedicada a essa técnica.

A catana era carregada em uma bainha atravessada à frente e com gume para cima, o que facilita ao máximo sacá-la com rapidez. As estatísticas referem-se a uma lâmina de qualidade média, como era comum em eras relativamente pacíficas (como no final do xogunato Tokugawa).

Catana (port.)
Katana (jap.)
Massa: 1,20 kg
Comprimento: 0,99 m
Alcance: ½
Ocultação: 4
Custo: 3.250
Aquisição: 3



cajado-catana
O cajado-catana lembra a bengala-espada ocidental, mas pode ser bem mais mortal. Há quem diga que foi usado por samurais renitentes depois de 1876, quando sua casta foi abolida e proibida de usar suas armas tradicionais, mas na realidade parece ter sido inventado durante a proibição de armas pela ocupação norte-americana (1945-1953). Ao ser desembainhada, pode ser usada como uma catana.

A arma certamente poderia ter sido muito útil para um ninja, que talvez também pudesse adaptar a bainha para servir como zarabatana ou respirador.

Cajado-catana:
Massa: 1,40 kg
Comprimento: 0,99 m
Alcance: ½
Ocultação: 0
Custo: 3.250
Aquisição: 3

Cassetete
Massa: 0,45 kg
Comprimento: 0,75 m
Contusão: 1 / 1
Força: -3
Balanço:4½
Qualidade: 2½



bokuto ou bokken

O bokuto ou bokken era uma espada de madeira usada no treinamento de samurais. Feita de madeira dura e densa, como o carvalho japonês, tem tamanho, peso e balanço semelhante aos de uma catana verdadeira. Na mão de um guerreiro forte e hábil, podia causar ferimentos sérios e quebrar ossos. O famoso ronin Miyamoto Musashi costumava mostrar sua superioridade usando uma bokuto (ou um par de bokutos) para enfrentar e vencer samurais rivais armados com catanas verdadeiras.

Atualmente, as bokutos são usadas no iaitô e alguns exercícios de kendô. Geralmente mais leves que as originais, às vezes são feitas de material sintético ou cobertas de espuma de borracha, para evitar acidentes graves (neste caso, reduza o dano em meio grau).

Bokuto ou Bokken
Massa: 1,20 kg
Comprimento: 0,99 m
Alcance: ½
Ocultação: 4
Custo: 600
Aquisição: 1½


shoto bokuto ou shoto bokken

O shoto bokuto ou shoto bokken é usado para simular a wakizashi em exercícios de kendô com duas espadas.

Shoto bokuto ou shoto bokken
Massa: 0,70 kg
Comprimento: 0,70 m
Alcance: ½
Ocultação: 3
Custo: 400
Aquisição: 1



Nami iaito

A Nami iaito é uma invenção recente, do pós-guerra. É uma alternativa ao bokuto para praticar o iaitô, arte marcial que consiste em sacar rapidamente a catana e usá-la ofensivamente ou defensivamente já no primeiro movimento. É mais leve que a catana verdadeira (para tornar menos cansativos os movimentos repetitivos) e sua lâmina é feita com uma liga de zinco- alumínio (mais leve e frágil que o aço). É pouco afiada, ou nada afiada. Se não tiver fio, o dano cai meio grau.

Massa: 0,85 kg
Comprimento: 0,99 m
Alcance: ½
Ocultação: 4
Custo: 600
Aquisição: 1½



Shinai

O shinai é uma “espada” flexível feita com quatro tiras de bambu amarradas com couro ou tecido, menos perigosa que o bokuto. Usada outrora no treinamento de samurais e hoje no kendô esportivo, equivalente japonês da esgrima esportiva ocidental.

As estatísticas representam o shinai usado por homens adultos. O shinai usado por mulheres e jovens de até 15 anos pesa 0,44 kg (-1 grau de força) e o das meninas de até 15 anos, 0,4 kg (-1½ grau de força). O dos rapazes de 15 a 18 anos pesa 0,48 kg (-½ grau de força) e o das moças de mesma idade 0,42 kg (-1½ grau de força).

O shinai mais leve também é usado para prática de kendô com duas mãos, junto com um shinai shoto (0,62 m, 0,29 kg) que representa a wakizashi (dano desprezível).

Massa: 0,51 kg
Comprimento: 1,20 m
Alcance: ½
Ocultação: 4½
Custo: 600
Aquisição: 1



Ken

Ken ou tsurugi é o nome dado às espadas retas de dois gumes, baseadas em modelos chineses, que foram as primeiras a serem forjadas no Japão, do século II ao século VII.

Tsurugi (japonês)
Massa: 1,20 kg
Comprimento: 0,85 m
Alcance: 1½
Ocultação: 2
Custo: 1.800
Aquisição: 2½



Kusanagi

Kusanagi-no-Tsurugi, ou Espada Corta-Grama, também conhecida como Ame-no-Murakumo-no-Tsurugi, ou Espada das Nuvens Ondulantes, é a mais famosa tsurugi do Japão.

Segundo a lenda, Kusanagi foi encontrada pelo deus das tempestades Susanoo dentro da cauda da serpente Yamata, de oito cabeças, que havia derrotado. Susanoo a presenteou à deusa do Sol, Amaterasu que, por sua vez, a deu a seu neto Ninigi-no-mikoto quando lhe ordenou reinar sobre o futuro Japão.

A família imperial japonesa, fundada por Jimmu Tenno, bisneto desse deus, teria herdado essa espada, que se tornou, ao lado do pingente de jade Yasakani-no-magatama e do espelho Yata-no-kagami um dos três símbolos do império. O 10º imperador, Sujin, construiu um santuário para abrigá-la.

O herói Yamato Takeru, filho de Keiko, o 12° imperador e que expandiu o território do império a partir de seu núcleo original, usou a espada para cortar o mato incendiado pelas tribus ainu que resistiam à conquista. Daí o nome Kusanagi.

A Kusanagi original desapareceu, porém, no combate naval de Dan-no-Ura, em 1185. Quando a imperatriz-avó Niidono viu que a batalha estava perdida, tomou nos braços o imperador de oito anos, Antoku Tenno, junto com a espada que ele segurava, e jogou-se ao mar. Foi substituída por uma réplica.

Especial: a critério do mestre, a posse de Kusanagi pode dar legitimidade a um pretendente ao trono imperial do Japão.

Massa: 1,35 kg
Comprimento: 0,87 m
Alcance: ½
Ocultação: 3½
Custo: 50.000
Aquisição: 5½



Tachi

O tachi com lâmina de 75 cm a 85 cm, espécie de sabre japonês, surgiu como arma de cavalaria durante o período Heian (a partir do século VIII) e foi a espada mais usual entre os samurais até o início do período Muromachi (1392-1573), quando começou a ser substituída pela catana, mais curta e de punho reto. Após 1600, "tachi" passou a ser simplesmente uma catana com punho ligeiramente curvo, usada à moda das antigas tachi propriamente ditas, ou seja, com uma bainha dependurada e com o gume para baixo, como continuou a ser comum na cavalaria e em cerimônias.

Especial: se usado por um cavaleiro a galope contra um alvo imóvel ou vindo na direção contrária, o dano aumenta em ½ grau.

Massa: 1,40 kg
Comprimento: 1,10 m
Alcance: ½
Ocultação: 4½
Custo: 3.500
Aquisição: 3



Ogatana

A ogatana (catana grande), com lâmina de 80 cm a 90 cm, foi preferida por alguns dos samurais mais fortes, mas em 1645 o xogunato Tokugawa limitou o tamanho da lâmina a 87,9 cm e, em 1683, as restrições se tornaram ainda mais rígidas. Desde então, as catanas foram feitas com lâmina não maior que 70cm.

O-gatana, O-katana
Massa: 1,60 kg
Comprimento: 1,25 m
Alcance: 1
Ocultação: 4½
Custo: 3.800
Aquisição: 3



Catana superior
Uma catana de qualidade muito superior à média, forjada por algum dos grandes artesãos das melhores épocas da armaria japonesa: no século XIII, Gotoba, Hisakuni, Norimune e Yoshimitsu Toshiro; no século XIV, Muramasa, Go Yoshihiro, Morimitsu, Yasumitsu e Moromitsu; no século XVII, Tamba no Kami Yoshinichi e Inoue Shinkai; no século XVIII, Sukenaga.

Massa: 1,20 kg
Comprimento: 0,99 m
Alcance: ½
Ocultação: 4
Custo: 32.500
Aquisição: 5



Catana perfeita
Uma catana perfeita, como as forjadas por Goro Nyudo Masamune (início do século XIV), considerado o maior armeiro da história do Japão.

Diz uma lenda japonesa que, certa vez, o mais rico daimyo do Japão promoveu um concurso nacional de armeiros, no qual os finalistas foram Masamune e Muramasa.

Masamune era um homem bom e honrado. Acreditava que um samurai deveria impor a paz com sua própria presença, sem precisar desembainhar a catana. Acreditava-se que suas espadas traziam serenidade ao seu possuidor.

Já Muramasa, embora também fosse um artesão consumado, era um homem violento. Suas espadas causavam muito dano e derramavam muito sangue.

As catanas dos dois mestres foram mergulhadas verticalmente em um rio para se verificar qual a mais cortante. As folhas que flutuavam para a espada de Muramasa foram belamente cortadas e as metades continuavam a flutuar sem ser perturbadas.

O vencedor foi, porém, Masamune. Sua espada era tão poderosa e afiada que possuía seu próprio ki (espírito). As folhas que flutuavam no rio se desviavam para evitá-la.

As catanas de Masamune eram consideradas nefastas a samurais sanguinários, pois eram forjadas para a paz. Se usadas para o mal, perderiam seu espírito e trairiam intencionalmente seus mestres na batalha. Dizem que o violento daimyo cristão Oda Nobunaga, que no século XVI tentou unificar o Japão, recusou-se a usar uma Masamune que lhe foi presenteada: acreditava que ela acabaria por matá-lo, por não ser digno dela.

Especial: o mestre pode decidir que, nas mãos de um personagem digno e pacifista, uma Masamune dá um bônus +1 em testes de Inteligência Social e Inteligência Pessoal par se tentar resolver um conflito pacificamente (sem sacar a espada) e em testes de Saúde para resistir a pânico, atordoamento ou inconsciência. Mas se usada de forma indigna ou para violência gratuita, ela reduz em até dois graus a habilidade com a espada a qualquer momento em que o mestre deseje (de preferência, no ponto crucial de uma batalha).

Massa: 1,20 kg
Comprimento: 0,99 m
Alcance: ½
Ocultação: 4
Custo: 100.000
Aquisição: 6


Nodachi

A nodachi (“espada de campo”, para ser usada apenas em campo de batalha) era um tachi excepcionalmente grande, usado tanto para intimidar epara fazer sinais às tropas. Usada com uma só mão, exigiria Força 6 e produziria meio grau a menos de dano e penetração.

A nodachi desta imagem foi forjada por Kanetsune e usada pelo clã Date na tentativa de conquista da Coréia, em 1592.

Massa: 3,65 kg
Comprimento:1,80 m
Alcance: 1½
Ocultação: 5½
Custo: 10.000
Aquisição: 4



Odachi

As odachis ("espadas grandes") foram forjadas por armeiros com a mesma técnica das catanas, como oferenda aos deuses e para demonstrar sua habilidade. Não tinham uso prático, mas num cenário de fantasia poderiam servir a um personagem de força sobre-humana. A odachi da foto, com lâmina de 3,77 m, foi feita por Norimitsu de Osafune em 1447 e é a maior do Japão.

Massa: 14,50 kg
Comprimento:3,77 m
Alcance: 2½
Ocultação: 7
Custo: 30.000
Aquisição: 5




Fonte: Ciência, Ficção e Interpretação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hi guys!!!!
Hey aqui é Wendy, blogueira desde 2010! Viciada em animes, amante de livros e adora ver séries! Criei esse cantinho na intenção de ajudar na criação e personalização de blogs e sites.
Wattpad Facebook Tumblr Instagram