28/09/2011

As 10 músicas mais tristes dos artistas

||
Apesar de serem tristes ainda assim tocam na gente, e são as mais favoritas do povo.E aqui está o Top 10+, digam também as que vocês acham, e deixe um comentario Drw agradeçe.


10.Total Eclipse of the Heart, Bonnie Tyler

Apesar de ser uma das música mais conheçida, e ser um clássico do videokê, a música não tem nada! nada! nada de feliz. Total Eclipse of the Heart foi gravado por Bonnie Tyler em 1983, que faz parte do albúm Faster Than the Speed of Night, ate hoje é uma das músicas tristes que mais emociona.


Verso Marcante: “E eu preciso de você agora, nesta noite / E eu preciso de você mais do que nunca / E se você apenas me abraçasse / Ficaríamos juntos para sempre”


9. Hurt, Johnny Cash

Gravada originalmente pelo grupo americano Nine Inch Nails, em 1994, a música ganhou um espírito ainda mais introspectivo na voz de Johnny Cash, em 2002. O clipe, um dos mais tristes já produzidos em toda a história, faz uma retrospectiva da carreira do cantor, doente à época, e mostra, evidentemente, lembranças de sua eterna amada June Carter.

Verso Marcante: “Eu machuco a mim mesmo / Para ver se ainda sinto / Eu me atento a dor / A única coisa que é real”


8. Love Hurts, Nazareth

A primeira versão de Love Hurts foi gravada em 1961 pela dupla The Everly Brothers. A canção, porém, só explodiu na década de 70, quando os escoceses do Nazareth deram à música uma nova roupagem, muito mais rock’n'roll. Em 1976 a canção alcançou o 8º lugar na Billboard e desde então foi regravada por vários outros artistas.

Verso Marcante: “O amor é somente uma mentira que faz você se sentir deprimido / O amor machuca / O amor machuca”


7. Love Will Tear Us Apart, Joy Division

Ian Curtis sempre foi lembrado por sua forte veia depressiva. Suas composições sempre abordaram questionamentos internos e deixaram transparecer em várias ocasiões um artista triste, mas ainda assim muito talentoso. Love Will Tear Us Apart, uma das canções mais famosas do Joy Division, tem muito de Curtis. A primeira aparição da música, faixa do single Atmosphere, aconteceu em 1980.

Verso Marcante: “Quando a rotina pega pesado / E as ambições estão em baixa/ E o ressentimento voa alto/ As emoções continuam estagnadas”


6. Streets Of Philadelphia, Bruce Springsteen

Bruce Springsteen sabe como fazer músicas tristes e Streets Of Philadelphia, música-tema do filme Filadélfia, lançado em 1993, só reafirma a tal fama do cantor. A canção foi composta exclusivamente para a fita, e rendeu ao “Boss” um Oscar. O clipe de Streets Of Philadelphia, um dos mais populares de Springsteen, foi dirigido por Jonathan Demme.

Verso Marcante: “Eu estava irreconhecível / Eu vi o meu reflexo em uma janela e não reconheci meu próprio rosto / Oh, irmão. Você vai me deixar definhando nas ruas da Filadélfia?”


5. Yesterday, The Beatles


Eles eram os reis do iê-iê-iê, mas suas canções, especialmente as compostas pela dupla John Lennon e Paul McCartney, são de marejar os olhos. Yesterday, gravada em 1965, conta a história de um amor perdido e fez tanto sucesso na ocasião de seu lançamento que entrou para o Guinness como a canção mais regravada da história, com mais de 3.000 covers.

Verso Marcante: “De repente eu não sou metade do cara que eu costumava ser / Há uma sombra pairando sobre mim”


4. Creep, Radiohead

Conhecida como uma banda de apelo depressivo, o Radiohead tem uma série de músicas melancólicas, fato que tornou difícil a tarefa de escolher a melhor – ou pior, dependendo do ponto de vista – canção. Creep, no entanto, é digna de tal posição. Primeiro single do primeiro álbum do grupo britânico, a música foi composta por Thom Yorke enquanto ele estudava na Universidade Exeter no começo da década de 80. Segundo o guitarrista Jonny Greenwood, a música foi escrita para uma garota.

Verso Marcante: “Mas eu sou um verme / Eu sou um esquisitão / Que diabos estou fazendo aqui? / Eu não pertenço a esse lugar”


3. The Drugs Don’t Work, The Verve

A canção que marcou a carreira da banda britânica The Verve foi composta por Richard Ashcroft em resposta à morte de seu pai. Gravada em 1997, a música foi lançada primeiramente como single e logo depois se tornou uma faixa do álbum Urban Hymns. O clipe da banda, dirigido por Andy Baybutt, remete ao início da carreira do Verve.

Verso Marcante: “Agora os remédios não funcionam mais / Eles só fazem você pior / Mas eu sei que vou ver seu rosto novamente”

2.
Everybody Hurts,- REM

Everybody Hurts é o tipo de música que incita você a querer abraçar alguém. A canção, composta pela banda americana REM, foi gravada pela primeira vez em 1992 e desde então sempre entrou para listas de músicas melancólicas que marcaram a história. Faixa do álbum Automatic for the People, Everybody Hurts alcançou a 29º posição na Billboard, em 1993.

Verso Marcante:“Bem, todo mundo sofre às vezes / Todo mundo chora / E todo mundo sofre às vezes / Então siga em frente. Siga em frente / Você não está sozinho”


1. Tears in Heaven, Eric Clapton

Geralmente as músicas melancólicas falam sobre relacionamentos que não deram certo, mas poucas situações conseguem superar a tristeza da perda de um filho. E é por esse motivo que Tears in Heaven ocupa a primeira posição. Composta por Eric Clapton como uma homenagem ao seu filho, que morreu com quatro anos ao cair da janela de um apartamento em Nova York, a música é parte do álbum Unplugged, vencedor da categoria Melhor Álbum do Ano do Grammy de 1993.

Verso Marcante: “Você saberia meu nome se eu o visse no céu? / Você seria o mesmo se eu o visse no céu? / Devo ser forte e continuar”

Fonte: Veja Abril

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hi guys!!!!
Hey aqui é Wendy, blogueira desde 2010! Viciada em animes, amante de livros e adora ver séries! Criei esse cantinho na intenção de ajudar na criação e personalização de blogs e sites.
Wattpad Facebook Tumblr Instagram